A Crítica: “Programa do Gugu” tem duas opções, um novo Marquinhos ou uma reformulação

Olá. Um bom dia, tarde, ou noite para vocês!

Nesta edição da coluna, irei falar sobre o “Programa do Gugu”, da Rede Record.

O Programa do Gugu é um programa apresentado pelo apresentador omônimo Augusto Liberato, o Gugu, que desde 2009 está presente nos domingos da emissora vice-líder em audiência no brasil.

O programa já teve seus bons momentos e também suas fazes ruins, e foi justamente em uma dessas fazes ruins( talvez a pior da história da atração), que um surpreendente fato alavancou a audiência e as forças de Gugu: O anão Marquinhos do Balanço Geral de São Paulo.

O anão que emociona, comove, alegra e diverte a todos que o assistem, é sim merecedor de tudo o que ganhou do programa de Gugu Liberato, tanto a casa quanto o carro foram merecidos e precisos na vida do baixinho, que não era nada fácil.

Mas a partir do momento em que a imagem de Marquinhos começou a ser excessivamente usada a fim de manter a audiência da atração, isso já se tornou apelação pura.

Essa apelação foi absurda por parte de Gugu, e deixou claro que seu programa, a quase um ano em terceiro lugar na audiência, era (e ainda é) muito frágil, ou seja, não era “páreo” para vencer a concorrência. A apelação foi parar até no SBT, com o Ratinho mostrando um vídeo antigo de Marquinhos fazendo uma pequena participação, uma dança sensual, ainda na época em que ele era dançarino, em seu programa.

- “Nós que lançamos o anão”, disse Carlos Massa após o vídeo ir ao ar.

Primeiro que, quem lança é quem faz, e no caso de Marquinhos, quem dá a oportunidade. Esse foi Geraldo Luís, que o levou para seu programa e deu emprego para o rapaz. O Ratinho não lançou nada, ele só levou em seu programa por poucos minutos uma participação especial de alguém com quem nunca mais ele conversou, muito menos chamou para trabalhar com ele, ou outras oportunidades que o colocassem em evidência na televisão.

Segundo que, voltando ao Programa do Gugu, após o “festival de presentes” à Marquinhos, a atração continuou na mesma, sem nenhuma novidade, e com pouquíssimas atrações que façam o telespectador assistir ao programa.

Vejamos quais são as principais atrações do Programa do Gugu:

Um quadro que dá uma casa nova para alguém, o “Sonhar Mais um Sonho”, outro quadro “reencarnado” com outro nome, o “Desafio Musical”, e de vez em quando o “De Volta para o meu Aconchego”. Mais nada.

O Sonhar Mais um Sonho não é ruim, mas já é antigo, e ainda recebe o “peso” de ser o quadro mais importante do programa. Outros quadros como o “Tá na Moda” por exemplo, não deixam de ser bons, mas são muito pouco para um programa de um dos maiores apresentadores do país.

E por fim o Desafio Musical, que tem algo impressionante, que é a facilidade de acertar as músicas. Tenho certeza de que a maioria dos telespectadores não gostam disso. Assisti ao quadro e irei dar um exemplo de como funciona:

Uma música de Roberto Carlos. Dentre todas as músicas de uma carreira de mais de 40 anos e vários discos do cantor, o programa seleciona a música mais popular dele! isso mesmo! ou seleciona a que mais toca nas rádios no momento. Agora eu pergunto à vocês, sem mesmo dizer qualquer parte da letra, qual é a música que mais está em evidência de Roberto Carlos atualmente?

É assim que funciona com todas as músicas do começo ao final do Desafio Musical. Isso de certa forma “estraga” o quadro.

Durante esse mês de Abril, após toda essa história do Marquinhos, vimos um programa sem novidades e sem algo que grudasse o telespectador na televisão. O Programa do Gugu precisa de uma reformulação urgente, isso mesmo, urgente! as atrações são poucas e repetitivas, muito pouco para um apresentador consagrado como Gugu Liberato, para o Programa do Gugu, e principalmente para Rede Record, que a cada domingo que se passa perde mais telespectadores, e fica na expectativa de que um “Novo Marquinhos” possa surgir.

“Balanço Geral” vence novamente o “Vídeo Show”

http://natelinha.ne10.uol.com.br/imagem/noticia/fbcf0521900d4a696b1fb47810668f66.jpg

Vídeo Show perdeu novamente para Record (Divulgação)

A disputa entre a Globo e a Record no começo da tarde voltou a se intensificar na tarde desta última sexta-feira (12).

O “Vídeo Show”, de André Marques e Ana Furtado, mais uma vez foi derrotado pelo “Balanço Geral” e amargou a vice-liderança no ranking do Ibope, segundo dados prévios da Grande São Paulo.

A atração global alcançou 7 pontos de média contra 9 do jornalístico de Geraldo Luís. O SBT ficou em terceiro lugar, com 5 pontos, no decorrer deste horário.

Mesmo considerando o “Balanço Geral” como um todo, de 12h às 14h50, a Record teve audiência alta mas não chegou a bater a Globo.

O placar foi de 8 pontos para o canal carioca contra 7 da emissora de Edir Macedo.

NT

Anão Marquinhos voltará ao Programa do Gugu no próximo domingo

A produção do “Programa do Gugu” resolveu chamar o anão Marquinhos de volta. Ele participará, junto com Geraldo Luís, do quadro “Desafio Musical” no próximo domingo (07).

Além disso, de acordo com o jornalista Fernando Oliveira, da coluna “Na TV”, deve ser exibida uma reportagem mostrando o quanto a vida de Marquinhos mudou após sua passagem pela atração.

A ideia é que os índices de audiência, que chegaram à casa dos 20 pontos, batendo a TV Globo, sejam semelhantes aos conquistados no último dia 24, quando a produção explorou as condições precárias em que viviam o anão e sua mulher.

Sem a presença de Marquinhos no último domingo (31), o “Programa do Gugu” caiu e registrou apenas 7 pontos de média.

NT

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 19.616 outros seguidores