A Crítica: SBT deveria reprisar “Carrossel” durante as 24 horas do dia

A Crítica

O SBT é uma emissora que, pela sua grandeza, poderia melhorar bastante a sua programação, programação essa que conta atualmente com várias séries americanas e, em destaque, três novelas mexicanas reprisadas. Muito pouco para o que o telespectador merece. Se antes já era difícil de se ver alguma novidade no canal, depois do sucesso denominado “Carrossel”, – merecido por sinal -, a emissora de Silvio Santos decidiu usar a novelinha infantil no resto da programação.

Após o sucesso de Carrossel, emissora ficou anestesiada: (Divulgação)

Quantos não foram os programas que não falaram da novelinha, em busca de divulgá-la e aumentar sua própria audiência as custas da Professora Helena e Cia?

Pois é. Encerrada a novela, o SBT coloca no ar o remake de “Chiquititas” para manter a audiência conquistada pela antecessora, algo normal e correto, mas novamente, comete o erro de usar o resto da programação para explorá-la, como fez o “Domingo Legal” por exemplo, recentemente.

A prioridade é única e exclusivamente Chiquititas, e o resto da programação? essa daí a emissora não sabe nem o que é. Caso a trama mantenha ou aumente a audiência deixada pela antecessora, o SBT continuará “anestesiado” e não fará nada para melhorar a programação e ganhar mais respeito e aprovação do telespectador, e mais uma novela infantil virá e deixará a programação “escrava” novamente, mas caso falhe e perca a audiência, o SBT entrará em crise, simples assim, já que a base da emissora, o “porto seguro”, são as novelas infantis.

Uma emissora tão grande como o SBT já deveria ter percebido que não é uma novela que recuperará a vice liderança e o telespectador perdido, mas sim um conjunto, várias “pecinhas do quebra cabeça”; isto é, novos programas, novos produtos, menos reprises, e menos “Carrossefeito” e “Chiquiefeito”, o nome que encontrei para definir o efeito de explorar essas novelas dentro de outros programas da casa.

Imagino que o SBT esteja satisfeito com o sucesso de suas novelas infantis e queira explorá-las melhor, mas com isso, se o que eles querem é manter a audiência delas e ajudar os programas da casa, eles só irão conseguir o efeito contrário: a perca de audiência, já que eles se esqueceram de que uma hora o público se cansa e muda de canal. Ninguém vai aguentar mais por tanto tempo o “Chiquiefeito” da emissora.

Para você ter uma idéia, chegou-se a cogitar e até confirmar, – e depois cancelar – , a reprise de Carrossel a partir da última segunda-feira(05), apenas  algumas semanas após o término da mesma.

Isso é um tremendo absurdo, uma falta de respeito com quem dá a audiência à eles. O telespectador tem todo o direito de ligar sua televisão na hora que for e poder assistir algo novo que o faça “grudar na tela da tv”, algo diferente de uma novela explorada até a alma.

Mas, se o SBT não consegue ou não tem condições de criar novos produtos, para a satisfação do telespectador e até para ajudar a própria novelinha do orfanato, o melhor é cancelar tudo e reprisar Carrossel de 00h00 às 23h59 do outro dia e adaptar de vez a programação.

Texto por Edward Lewis

 

Hoje, o “Programa Eliana” apresenta Chiquititas e o Orfanato Raio de Luz ao vivo

Neste domingo, 14 de julho, às 15h, o Programa Eliana será transmitido ao vivo direto do orfanato “Raio de Luz”. Eliana bate um papo com as Chiquititas e mostra o orfanato, onde se passa a maior parte da história da novela, que estreia no próximo dia 15 de julho, às 20h30.

As personagens de Chiquititas também participam do quadro “Ciência em Show” no desafio “Peso Certo” e a dupla Thaeme e Thiago vai agitar a galera com seus sucessos.

E ainda, no “Rola Ou Enrola”, o cantor Gabriel Valim canta seu sucesso “Piradinha” para as solteiras Carolina, Ludmila, Raíza, Janaína e Dominique.

PROGRAMA ELIANA
Neste domingo, a partir das 15h

SBT

Elenco infantil de “Chiquititas” sofre com epidemia de gripe e atrasa gravações

Uma epidemia de gripe por causa das baixas temperaturas desta época do ano atrasou as gravações de “Chiquititas”. A onda atingiu as crianças do elenco em efeito dominó.

Elas foram mandadas para casa, o que embaralhou a ordem das cenas. Os atores foram incentivados a se vacinar numa campanha dentro do SBT.

Patrícia Kogut (O Globo)

Mosca, irmão de Pata, é personagem de Chiquititas; Veja teaser dos personagens

Não é fácil sobreviver sozinho nas ruas! E Mosca sabe disso. Ele é irmão de Pata, que foi viver no orfanato “Raio de Luz”, onde não entra meninos. Pelo menos, por enquanto! Não perca a estreia de Chiquititas!

 

Foto: Reprodução/SBT

Conheça melhor o personagem Mosca:

Outros personagens

Saiba mais sobre a personagem Pata:

Saiba mais sobre a personagem Tati:

Saiba mais sobre a personagem Ana:

Saiba mais sobre as personagens Junior e Carol:

Saiba mais sobre a personagem Bia:

Saiba mais sobre a personagem Vivi:

Créditos: Vídeos de Chiquititas Brasil

CHIQUITITAS
Em julho, no SBT!

SBT

SBT não quer a presença das mães nas gravações de “Chiquititas”

Chiquititas

A produção de “Chiquititas”, próxima trama do SBT, restringiu a presença das mães das cerca de 20 crianças do elenco dentro dos estúdios da emissora. A direção decidiu que elas ficam na emissora, mas longe dos filhos. A norma foi imposta depois de “Carrossel” para evitar o falatório, a distração  e as fotos postadas sem consentimento nas redes sociais, como Facebook.

As jornadas de gravação da novela (entre 14h e 20h) são acompanhadas por uma psicóloga, uma pedagoga, uma nutricionista e uma fonoaudióloga.

As crianças são divididas em dois grupos que se revezam diante das câmeras. O grupo que está ocioso ganha ajuda para decorar o texto, fazer o dever de casa (a maioria vai direto da escola), aquecer a voz, comer direito etc.

A novela tem previsão de estreia para meados do mês de junho.

Informações da coluna “Controle Remoto”, assinada pela jornalista Patricia Kogut, do O Globo.

Chiquititas: Nova Mili se destaca nas primeiras gravações

A atriz Giovanna Grigio (à esquerda) foi a escolhida para interpretar Mili em "Chiquititas", papel que já foi de Fernanda Souza
A atriz Giovanna Grigio (à esquerda) foi a escolhida para interpretar Mili em “Chiquititas”, papel que já foi de Fernanda Souza

Sem bagagem nenhuma ainda na TV, mas já com vários trabalhos publicitários no currículo, Giovanna Grigio, chamada para viver a Mili, em “Chiquititas”, é um dos destaques das primeiras gravações da novela, substituta de “Carrossel”.
Além de atuar, vem chamando atenção pelo fato de cantar muito bem.

A personagem foi vivida por Fernanda Souza na primeira versão.

Uol

Íris Abravanel foi a responsável pela escolha de Guilherme Boury para Chiquititas

Guilherme Boury, neto de Reynaldo Boury, o diretor de “Chiquititas”, do SBT, ganhou o principal papel adulto da nova versão do folhetim. Foi a autora, Íris Abravanel, quem o escolheu. O último trabalho de Guilherme na TV havia sido a novela “Fina Estampa”, da Globo.

Keila Jimenez

Workshops de “Chiquititas” não são autorizados pelo SBT

Capa do primeiro CD da trilha da novela "Chiquititas"

Capa do primeiro CD da trilha da novela “Chiquititas”

Escalação de novela, sempre foi uma coisa delicada, porque os interesses em jogo, via de regra, prevalecem no momento da escolha. Talento, apenas, não é suficiente. Não bastasse isso, outros cuidados são necessários para impedir a ação daqueles que tentam tirar algum proveito da situação.

É o que, mais uma vez, acontece agora.

Tem gente do próprio SBT usando indevidamente o nome e até o logo da emissora na promoção de workshops que, segundo os seus realizadores, podem servir como porta de entrada para o elenco de “Chiquititas”.

Embora não se coloque como algo absolutamente garantido, também não deixa de provocar uma falsa ilusão. É recomendável, inclusive, que os pais dessas crianças procurem saber onde estão enfiando os seus filhos.

Até para que este mal não cresça e se evitar o aparecimento de novas vítimas, está na hora da própria direção do SBT se mexer e tomar as medidas cabíveis ao caso. Ninguém pode ser solidário ou fazer vistas grossas a um tipo de situação como esta.

Flavio Ricco

Produção de Chiquititas ainda continua bem devagar

O SBT não deu, pelo menos até agora, nenhum passo adiante em “Chiquititas”, além da sua definição como próxima novela. Nada se sabe ou se decidiu ainda sobre os necessários testes com crianças, escolha do elenco e início da produção, entre outros. Tá tudo muito devagar.

 Flávio Ricco

Crianças que não entraram em “Carrossel” farão testes para “Chiquititas”

Na última semana, o SBT anunciou que vai produzir um novo remake da novela argentina “Chiquititas”, que já fez sucesso no Brasil na década de 90, tendo a atriz Flávia Monteiro como a protagonista professora Carolina.

A primeira versão da trama foi gravada na Argentina e revelou talentos como Fernanda Souza e Bruno Gagliasso. Desta vez, o remake ambientado em um orfanato será totalmente rodado nos estúdios do SBT, em São Paulo.

A emissora já está realizando testes para definir o elenco infantil da novela. Segundo a coluna Outro Canal, serão chamadas crianças que já fizeram outros testes na rede para participarem do processo de seleção de “Chiquititas”. Entre eles, jovens atores que recentemente acabaram não sendo escolhidos para “Carrossel”.

O novo remake de “Chiquititas” será escrito por Íris Abravanel e terá direção-geral de Reynaldo Boury, a mesma equipe do atual sucesso do SBT.

NT
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 19.986 outros seguidores